GTCS ensina a sociedade a controlar gastos públicos para comemorar dia contra corrupção

ATUALIZADA EM 13/12/2010

 

Controladoria-Geral da União

Assessoria de Comunicação Social

 

 

 

Grupo de Controle Social (GTCS) ensinou a sociedade a controlar gastos públicos para comemorar dia contra corrupção

 

A unidade regional da Controladoria-Geral da União (CGU) no Rio de Janeiro promoveu no dia 9 de dezembro, em parceria com órgãos públicos e entidades não-governamentais, diversas atividades para comemorar o Dia Internacional contra a Corrupção. O objetivo foi informar e capacitar a população no exercício do controle social dos gastos públicos. As atividades foram realizadas entre 10 e 17 horas, no Palácio do Ministério da Fazenda, no Centro.

 

Além de tendas com computadores para demonstração de sistemas governamentais de controle, como o Portal da Transparência, houve apresentação de corais, bandas, esquetes, palestras e oficinas, assim como  feiras sobre cidadania e sobre impostos.

 

O evento foi uma iniciativa do Grupo de Controle Social que, além da CGU, é composto pelos Tribunais de Contas da União, do Estado, e do Município; Ministério Público Federal; Receita Federal do Brasil; Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional; Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro; Secretarias Estaduais de Educação e de Fazenda; Associação dos Servidores do Tribunal de Contas do Estado; e Associação dos Magistrados do Estado.

 

Houve ainda, no mesmo dia, uma oficina sobre práticas empresariais anticorrupção, elaborada pelo Instituto Ethos em parceria com a CGU, para representantes de empresas de grande porte - como Petrobrás, Shell, Ampla, Vale e White Martins - e da sua cadeia de fornecedores. A oficina foi realizada entre 09h e 13h30, na Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro - FIRJAN.

 

Foi realizado também o I Fórum Fluminense de Combate à Corrupção, evento itinerante que ocorreu no dia 7/12, em Niterói; no dia 9/12, em Campos; e no dia 10/12, em Rio das Ostras. O fórum contou com a participação de representantes de universidades, sindicatos, organizações não-governamentais, e do meio empresarial.