TCMRJ trabalha para conter o avanço da Covid-19

ATUALIZADA EM 21/06/2022

Os servidores do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro (TCMRJ), acima de 40 anos de idade, tiveram, nesta terça-feira, 21, a oportunidade de atualizar a carteira de vacinação contra a Covid-19.

Nesta quarta-feira (22), das 9h30 às 16h, o Centro Médico de Urgência (CMU) do TCMRJ segue oferecendo doses da vacina com o duplo objetivo de conter a disseminação da doença e evitar a sobrecarga da rede municipal de Saúde.

Profissionais do CMU coordenam a ação de imunização coletiva e contam com o apoio logístico de profissionais da Secretaria Municipal de Saúde. A ação inclui, ainda, a vacinação anti-influenza para todos os servidores do Tribunal de Contas.

Não há contraindicação para que ambas as vacinas sejam administradas ao mesmo tempo, se o servidor desejar. O Centro Médico de Urgência vai fornecer orientações adicionais para quem não tomou, ainda, as quatro doses da vacina contra a Covid-19 ou a anti-influenza.

O presidente do TCMRJ, Luiz Antonio Guaraná, foi um dos que aproveitaram a vacinação para tomar a quarta dose contra a Covid-19. Ele apelou aos servidores para que compareçam ao CMU, destacando a importância de atualização das vacinas contra Influenza e Covid-19 como forma de se evitarem "essas chagas" que tanto mal vem causando para a população do Rio e do país: "A vacina salva, e nós temos obrigação de nos protegermos e aos que estão ao nosso lado, a nossa volta. Usem máscaras e evitem aglomerações", pediu o presidente.


Quem também compareceu ao Centro Médico para se vacinar contra a Covid-19 e anti-influenza foi a servidora Luciana Graeter, que trabalha no gabinete do conselheiro David Carlos Pereira Neto. Ela disse que aproveitou para atualizar a carteira de vacinação ao saber da campanha promovida pelo TCMRJ. "Eu não podia deixar essa chance passar. Não precisei me deslocar e só tenho a agradecer ao Tribunal por mais este cuidado com todos nós, servidores. Vacina boa é vacina no braço", afirmou a servidora.

Eliane Cardia, da Secretaria de Segurança Institucional, também aproveitou para ficar em dia com a vacinação. "Hoje estou realizada por tomar a segunda dose de reforço contra a Covid-19 e a anti-influenza. Fico emocionada por poder contribuir para o bem-estar de todos. Vamos travar esse vírus amando uns aos outros", declarou.



Esta é a segunda ação de imunização coletiva promovida pelo Centro Médico de Urgência do TCMRJ. Foram aplicadas 59 doses da vacina contra a Covid-19 e 50 da anti-influenza. Nos últimos 21 dias, o CMU registrou 49 casos positivos para Covid-19 entre seus servidores. A presidência do TCMRJ pede a todos que redobrem os cuidados de higiene e atenção quanto à prevenção contra a Covid-19.


O Secretário Chefe de Gabinete da Presidência, Flavio Torres Nunes, que também se vacinou hoje, parabenizou o TCMRJ pela iniciativa de fornecer a vacinação para seus servidores no próprio ambiente de trabalho, o que, segundo ele, facilita a vacinação em massa, pois não há necessidade de deslocamento. "É preciso a conscientização de todos de que somente com a vacina poderemos debelar definitivamente esses vírus", declarou.


Já o servidor José Roberto Rocha, da Secretaria das Sessões, foi enfático em ressaltar a importância da vacinação. Ele contraiu a variante Delta da Covid-19 no ano passado. "Eu já tinha tomado a primeira dose, mas estava assintomático. Fiquei muito mal por 22 dias, mas não precisei ser internado. Quem não se vacina ou só toma uma ou duas doses, corre muito mais risco. Todos têm o direito de escolher se quer se vacinar, mas temos o dever de não expor nossas famílias, amigos e colegas de trabalho".



TCMRJ trabalha para conter o avanço da Covid-19