TCMRJ trabalha em equipe para benefício do cidadão

ATUALIZADA EM 24/11/2021

Presidente Luiz Antonio Guaraná participa da reunião de elaboração do Plano de Metas 2022 e ressalta a importância do trabalho em equipe.

O presidente do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, Luiz Antonio Guaraná, reuniu-se no início da noite dessa terça-feira com os servidores que participam do encontro anual, cujo objetivo é traçar a Política de Gestão por Resultados de 2022.

Na ocasião, ressaltou a importância do trabalho em equipe, onde prevaleça a harmonia, mesmo que haja divergência de pensamento. Segundo ele, "o importante é ter um colegiado de bom senso".

"O que estamos fazendo hoje aqui é pensar no nosso cliente, o cidadão, que, na verdade, muitas vezes, nem sabe que existimos. A nossa missão do dia a dia é sempre pensar no que devemos fazer para cumprir o papel que nos cabe. O importante é ter um colegiado de bom senso, harmonioso, que possa produzir as nossas decisões", afirmou, completando em seguida que "o Tribunal não pode ser uma decisão só do presidente".

Os Conselheiros David Carlos, Bruno Maia e Thiago Kwiatkowski também participaram do encontro. Ao se dirigirem aos servidores, foram unânimes em ressaltar a qualidade do corpo técnico do TCMRJ e a importância de se trabalhar com planejamento, buscando sempre os melhores resultados em benefício da população.

O coordenador do Núcleo de Planejamento e Gestão, Carlos Werneck, demonstrou, em sua apresentação, que a política de gestão por resultados do TCMRJ gerou, de 2016 a 2020, um total de 108 produtos inovadores, configurados em metas estratégicas. Segundo ele, desse total, mais de 70 % foram bem-sucedidas, e a grande maioria contribuiu para o aperfeiçoamento do Tribunal, com impactos externos que beneficiaram de alguma forma a população carioca.

O presidente Guaraná reafirmou que, ao final de cada decisão, é preciso ter ponderação e prudência, o que, segundo ele, significa "punir quem deve ser punido, absolver quem deve ser absolvido e, da mesma forma, instruir quem deve ser instruído", destacando que a função pedagógica talvez seja a principal vertente de atuação do Tribunal de Contas do Município do Rio de Janeiro, e pela qual o TCMRJ é mais bem-visto pelo público externo, inclusive pelos outros tribunais.

Nesta quarta-feira, durante todo o dia, serão apresentadas e validadas as metas para 2022.

TCMRJ trabalha em equipe para benefício do cidadão