Pedágio em alça de acesso da Transolímpica é questionado pelo TCMRJ

ATUALIZADA EM 28/06/2019

O contrato de concessão da Transolímpica voltou a ser analisado pelo TCMRJ nesta quinta-feira (27/06), após quase um ano sem que a necessidade de cobrança de pedágio nas alças de acesso que ligam a Estrada do Rio Grande, em Jacarepaguá, à via fosse evidenciada pela concessionária. A Via Rio terá que prestar os devidos esclarecimentos em audiência determinada pelo conselheiro Felipe Puccioni, cujo voto foi aprovado por unanimidade pelo Plenário.

As alças de acesso não estavam previstas no projeto inicial do contrato de concessão firmado pelo Município para implantação e exploração da infraestrutura e da prestação do serviço público de operação, manutenção, monitoração e realização de melhorias da Ligação Transolímpica. Elas foram construídas posteriormente através de assinatura de termo aditivo. As alterações no traçado original possibilitaram um fluxo maior de carros na via, mas, a princípio, não haveria cobrança de pedágio para o trecho em questão. A partir da atual gestão municipal a tarifa passou a ser obrigatória, o que vem sendo questionado desde então.

Saiba mais.


Arquivos para download

DownloadRelatório e Voto - relatório e voto.pdf ( 755 Kbytes )