Atricon faz novo diagnóstico dos TCs

ATUALIZADA EM 10/06/2019

Um novo diagnóstico dos tribunais de contas brasileiros será feito este ano pela Atricon. A terceira edição da avaliação da qualidade e agilidade do controle externo (feita desde 2013, a cada dois anos) encontra-se na fase da aplicação de questionário, que deverá ser respondido pelas Cortes até o dia 31 de julho. Este ano, o coordenador de planejamento e gestão do TCMRJ, Carlos Augusto Werneck, integra a equipe de avaliadores da Atricon.

A avaliação tem como objetivo verificar o desempenho dos tribunais de contas em comparação com as boas práticas internacionais e diretrizes estabelecidas pela Atricon, compiladas no Marco de Medição de Desempenho (MMD-TC), utilizado de modo voluntário, mas que tem tido boa aceitação. No último diagnóstico, 85% dos 33 TCs existentes no país se submeteram à verificação.

A avaliação fortalece o sistema nacional de controle externo e contribui para que os tribunais de contas atuem de maneira harmônica e uniforme, aprimorem a qualidade e agilidade das auditorias e dos julgamentos, valorizando o controle social e oferecendo serviços de excelência, a partir de um padrão de fácil verificação e confirmação.

Atricon faz novo diagnóstico dos TCs