Centro de Operações Rio e TCMRJ, por um Rio melhor

ATUALIZADA EM 21/05/2019

Os auditores do TCMRJ José Renato de Oliveira, Rômulo Ferreira e Renata Baptista estiveram, hoje de manhã (21/05), no Centro de Operações Rio - COR para solicitar informações para que possam avaliar os impactos socioeconômicos do atraso nas obras do BRT Transbrasil. Eles estiveram reunidos com Thompson Pacheco e Rodrigo Sardinha, da Coordenadoria de Tecnologia da Informação e Integração, que apresentaram o banco de dados de onde poderão extrair informações como tamanho de congestionamento e número de acidentes provocados pela obra situada na Avenida Brasil.

Para atender ao pedido feito pelo TCMRJ, o COR disponibilizará registros do aplicativo Waze, com o qual mantém um acordo de parceria. O Rio foi a primeira cidade do mundo a utilizar os dados da comunidade de motoristas do aplicativo. Os auditores têm especial interesse nos registros históricos, desde 2014 até agora, para mapear e comparar o tráfego e os incidentes ocorridos naquele trecho em que a obra está inserida.

"Ficamos impressionados com o trabalho do COR e sua capacidade de manipular essa quantidade enorme de informações, que são primordiais para as tomadas de decisões da gestão do Rio", disse o auditor José Renato de Oliveira.

Em fevereiro deste ano, a 2ª IGE, especializada em obras públicas, iniciou o planejamento dessa auditoria, organizando sua matriz e listando a documentação a ser solicitada aos órgãos da prefeitura. Em abril iniciaram-se os trabalhos em campo, quando os três auditores estiveram com representantes das entidades municipais para explicar o escopo e importância da auditoria.

No início de maio, a equipe percorreu a Avenida Brasil, entre o Caju e Deodoro, para ver de perto a situação da obra, que foi prometida como parte do legado dos Jogos Olímpicos de 2016. No local, registraram a presença de moradores de rua, desvios de trânsito com barreiras de concreto dividindo as pistas e as sinalizações, entre outros aspectos. Confira abaixo fotos do trecho da obra BRT Transbrasil:

 









Centro de Operações Rio e TCMRJ, por um Rio melhor