Atual momento político do país é tema da abertura do VI ENTC

ATUALIZADA EM 29/11/2018

Começou ontem o VI Encontro Nacional dos Tribunais de Contas, evento que durará até dia 30 de novembro. "O futuro dos tribunais de contas, inovação, integração, prevenção e eficiência" é o tema do encontro organizado pela Associação dos Membros dos Tribunais de Contas do Brasil - Atricon e pelo Tribunal de Contas do Estado de Santa Catarina - TCE/SC com o apoio do Instituto Rui Barbosa, da Associação Brasileira dos Tribunais de Contas dos Municípios - Abracom e da Associação Nacional dos Ministros e Conselheiros Substitutos dos Tribunais de Contas - Audicon. 

Integraram a mesa de abertura o conselheiro Fabio Nogueira, presidente da Atricon; o conselheiro Dado Cherem, presidente do TCE/SC; Eduardo Pinho Moreira, governador de SC; o ministro substituto do TCU, Marcos Bemquerer, representando a Audicon; o conselheiro Thiers Montebello, presidente da Abracom; o procurador do TCU Julio Marcelo de Oliveira presidente da Ampcon; o conselheiro Zulmir Breda, presidente do Conselho Federal de Contabilidade; Sisi Blind, prefeita de São Cristóvão do Sul, representando a Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e o procurador-geral de SC, Sandro José Neis.

Convidado a falar, Thiers Montebello observou que estes Encontros reforçam a troca de conhecimentos e experiências, e que esta é uma prática incentivada pela Atricon no seu dia a dia.

Na conferência de abertura, o jornalista Ricardo Noblat, da Revista Veja, falou sobre o "Momento Político Brasileiro e os Órgãos de Fiscalização". Na opinião de Ricardo, os tribunais de contas exercem importante papel republicano e devem contribuir para a retomada do crescimento do país.

Fotos: Douglas Santos

Atual momento político do país é tema da abertura do VI ENTC